Como escolher cortinas para sua casa.

Home  /  Blogue   /  Como escolher cortinas para sua casa.

Como escolher cortinas para sua casa.

Uma casa com muitas janelas e luz natural, normalmente é um dos requisitos mais procurados. Hoje vamos falar de cortinas.  

 

Uma casa sem cortinas torna o espaço impessoal, mais frio e vazio. Para além de ser um elemento decorativo, as cortinas dão-nos privacidade, segurança, conforto e protegem da luz. 

Na escolha das cortinas deve ter em conta alguns pontos importantes, que vamos destacar. 

 

A arquitectura da casa e o estilo de decoração. 

Se gosta de uma decoração mais moderna e minimalista, deve optar por tecidos leves, cores neutras (como o branco, pérola, bege, cinza claro) com acabamento de ondas ou recto pois conferem elegância e modernidade. 

Se gosta de um estilo mais clássico deve optar por cortinas com mais volume e com pregas mais tradicionais. 

 

Deve ainda questionar-se: onde gosta de ver os elementos decorativos de sua casa? Peças maiores como o sofá ou cortinas? Ou nas almofadas, tapetes ou colchas da cama? Gosta de trocar com  frequência alguns elementos decorativos? Esta análise vai ajudá-la na escolha das cores, padrões e texturas. Se gosta de trocar as almofadas, os abajures dos candeeiros e as colchas da cama, regularmente, o melhor será optar por cortinas neutras que se conjuguem com vários padrões e cores. 

 

O tamanho dos espaços e da janela. Espaços pequenos devem ter cortinas com pouco volume, cores mais claras e tecidos leves. Nos quartos, poderá haver a necessidade de uma cortina opaca (blackout) antes da cortina da frente. Na cozinha, por exemplo, o mais adequado é o painel de rolo, prático e higiénico. 

 

As cores, os tecidos, o acabamento. As cores neutras cabem em diferentes estilos de decorações. Se pretende manter a sua privacidade, mas ter bastante luz natural com a cortina deve optar por tecidos como o algodão ou o linho. Tecidos como o veludo, bloqueiam mais a luz natural. Cabe-lhe, ainda, decidir o comprimento da cortina, um pouco abaixo da janela, se até ao chão, ou até mesmo a pousar no chão, para um estilo mais boémio e descontraído. 

 

Fixação da cortina

Por exemplo a escolha do varão ( madeira ou metal), se pregado a partir do tecto ou da parede, neste último caso, a nossa dica é que o varão ou calha esteja cerca de 30 cm acima da janela, uma vez que dá uma sensação de maior abertura ao espaço. Se a sua preferência é uma decoração mais casual e relaxado pode optar um acabamento diferente. 

Para ter a certeza que não erra, uma decoradora de interiores ajudará muito. 

Cortina de ondas aplicada desde o tecto em quarto de criança. Se deseja que o quarto seja intemporal ao longo dos anos, opte por cortinas de tom claro e simples. 

Fonte: angelapinheiro.pt

Combinação de dois modelos de cortina, conferindo um ar contemporâneo à sala. Também aplicável a uma ambiente de negócios.

Fonte: juliartypersianas.com.br

Cortina romana com personalização, aproveitando a luz natural para secretária e toucador. Ideal para quem quer colocar mobiliário abaixo da janela. 

Fonte: angelapinheiro.pt

Estilo clássico, para decorações de casas mais clássicas. Podemos decorar  as janelas com múltiplos tecidos, fazendo portiers para as laterais e aplicar vários tipos de sirgarias, enriquecendo assim, a decoração. Fonte: homemidi.com

Cortina de rolo aplicada a uma pequena sala. Se tiver janelas pequenas e tiver sistemas de aquecimento, debaixo das janelas, pode optar por cortinas de rolo. 

Existem várias gamas e cores para as telas. Se desejar um ambiente harmonioso e clean opte por bejes ou brancos. 

Fonte: archdaily.com.br

Painel de rolo, a cortina mais adequada a cozinhas e prática pela sua fácil limpeza. 

Fonte: sendika58.org

Cortina de ondas, fixas no tecto de parede a parede, conferem mais amplitude e elegância ao espaço.  Em: angelapinheiro.pt

Cortina romana, ideal e prática para quartos de crianças. De fácil remoção e lavagem. Em angelapinheiro.pt